Pular para o conteúdo principal

Pimentão: a última colheita

No Brasil, o pimentão é uma das espécies do grupo das hortaliças mais difundidas e populares na culinária, devido ao seu sabor característico, textura firme e coloração bastante intensa e brilhante, características muito interessantes na elaboração de diversos pratos. O pimentão é considerado uma das dez espécies de maior importância econômica no mercado brasileiro de hortaliças.




Os frutos do pimentão apresentam diferentes formas e tamanhos, além de inúmeras cores, do amarelo ao vermelho, do roxo intenso ao verde escuro ou preto, dependendo do genótipo ou do período sazonal. Os pimentões são conhecidos como fontes de vitamina C e E, além de vitamina A, carotenóides e polifenóis. Suas propriedades antioxidantes são consideráveis. (1)

Alega-se que os pimentões estão entre as culturas mais perigosas no que se refere ao uso indiscriminado de agrotóxicos no Brasil, como apontaram os resultados do último programa de análise de resíduos de agrotóxicos em alimentos, da Anvisa, em 2008, em que cerca de 65% das 101 amostras de pimentão de mercado analisadas apresentavam irregularidades quanto ao limite máximo permitido de determinados produtos e ainda uso de substâncias não permitidas para a cultura. (2)


Estão convencidos de que vale a pena plantar os próprios pimentões?

(1) Matsufuji, H.; Ishikawa, K.; Nunomura, O.; Chino, M.; Takeda, M. Anti-oxidant content of diferente coloured sweet peppers, white, green, yellow, orange and red ( L.). Capsicum annuumInternational Journal of Food Science & Technology Oxford, v. 42, n. 12, p. 1482-1488, 2007.

(2) Saiba mais em: https://come-se.blogspot.com.br/2010/03/pimentoes-organicos-coloridos-minis-e.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Horta beneficiando e sendo beneficiada pela comunidade

Estimular o convívio entre as pessoas e com a natureza no ambiente urbano sob uma visão de sustentabilidade e saúde é uma boa forma de definir o objetivo da Horta. E nada mais ilustrativo do que a doação que recebemos e a que fizemos:



Rodas de chá na Horta

A Horta convida a todos para participar desses "cházinhos", em parceria com o Centro de Referência em Alimentação e Nutrição do Centro de Saúde Escola Geraldo de Paula Souza (CRNutri). Esses encontros propiciarão a degustação de chás aromáticos e terapêuticos, o compartilhamento de informações sobre plantas medicinais e um período de vivência na Horta FSP. Interessados?




Controle Biológico de Pragas: PULGÕES

Em uma horta, manter a harmonia  natural do sistema é a melhor forma de fazer o controle biológico de pragas. Existem espécies de plantas que ajudam a manter esse equilíbrio e controle natural.
Uma das pragas mais comuns nas hortas são os pulgões, pequenos insetos (cerca de 3 mm de comprimento) que se alimentam sugando a seiva das plantas e são capazes de se multiplicar com  rapidez.
Espécies como cravo de defunto, arruda, manjericão, lavanda, hortelã, entre outras com aromas fortes, ajudam a espantar os pulgões, que as detestam. Já a capuchinha atrai os pulgões para si, servindo como uma espécie de armadilha na sua horta. Essas plantas são ótimas companheiras na sua horta, contribuindo na manutenção do equilíbrio e no controle natural de infestações. Outra ótima companheira para sua horta é a joaninha, Ao contrário dos pulgões e outros insetos que se alimentam das plantas e podem ser prejudiciais para sua horta, a joaninha é uma ótima companheira para suas plantinhas. Joaninhas são…