Pular para o conteúdo principal

Cultivando cheiros, saberes e sabores na comida de verdade - Atividade do DMA

Gostaríamos de agradecer a todos que participaram da nossa atividade e que contribuíram para a realização da nossa oficina.
Para quem ficou com dúvida na identificação das ervas utilizadas na oficina sensorial, segue o gabarito e a receita do patê de manjericão:

Gabarito

1-Boldo
2- Capuchinha
3- Orégano
4- Salsinha
5- Manjericão anis
6- Cebolinha
7- Capim Santo
8- Erva Cidreira
9- Arruda
10- Hortelã
11- Manjericão
12- Lavanda

 Patê de Manjericão

INGREDIENTES:
1 copo de 200 ml de leite 1 dente de alho 1 pitada de sal Óleo até dar o ponto Manjericão a gosto
MODO DE PREPARO Coloque no liquidificador o leite e o alho e ligue Abra a tampinha da tampa do liquidificador e coloque o óleo até que o liquidificador não consiga mais bater, até virar um patê com uma mistura firme Em seguida coloque o manjericão e bata mais um pouco Experimente se o sal está na medida certa
Manter em refrigeração.
Sirva com tarradas.

Para preparar o chá utilizamos Hortelã e Erva Cidreira.

E aproveitando o embalo, deixamos o convite para o próximo MUTIRÃO que será realizado no dia 23/10 (Sexta - feira) A PARTIR DAS 17:00 hs. Além de fazer a manutenção geral dos canteiros, iremos plantar mudas novas e confeccionar placas de identificação!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Horta beneficiando e sendo beneficiada pela comunidade

Estimular o convívio entre as pessoas e com a natureza no ambiente urbano sob uma visão de sustentabilidade e saúde é uma boa forma de definir o objetivo da Horta. E nada mais ilustrativo do que a doação que recebemos e a que fizemos:



Rodas de chá na Horta

A Horta convida a todos para participar desses "cházinhos", em parceria com o Centro de Referência em Alimentação e Nutrição do Centro de Saúde Escola Geraldo de Paula Souza (CRNutri). Esses encontros propiciarão a degustação de chás aromáticos e terapêuticos, o compartilhamento de informações sobre plantas medicinais e um período de vivência na Horta FSP. Interessados?




Controle Biológico de Pragas: PULGÕES

Em uma horta, manter a harmonia  natural do sistema é a melhor forma de fazer o controle biológico de pragas. Existem espécies de plantas que ajudam a manter esse equilíbrio e controle natural.
Uma das pragas mais comuns nas hortas são os pulgões, pequenos insetos (cerca de 3 mm de comprimento) que se alimentam sugando a seiva das plantas e são capazes de se multiplicar com  rapidez.
Espécies como cravo de defunto, arruda, manjericão, lavanda, hortelã, entre outras com aromas fortes, ajudam a espantar os pulgões, que as detestam. Já a capuchinha atrai os pulgões para si, servindo como uma espécie de armadilha na sua horta. Essas plantas são ótimas companheiras na sua horta, contribuindo na manutenção do equilíbrio e no controle natural de infestações. Outra ótima companheira para sua horta é a joaninha, Ao contrário dos pulgões e outros insetos que se alimentam das plantas e podem ser prejudiciais para sua horta, a joaninha é uma ótima companheira para suas plantinhas. Joaninhas são…